Warning: A non-numeric value encountered in /home/hotelconsult/www/wp-content/themes/Divi 27/functions.php on line 5763

Compartilhe!

O setor de serviços no Brasil – que inclui a hotelaria – desacelerou em setembro, segundo a Pesquisa Índice Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês), da IHS Markit. A pontuação passou de 51,8 em setembro, para 51,2 em outubro. Porém, há crescimento de produção, uma vez que acima de 50 pontos demonstra elevação. 

A pesquisa anterior, havia mostrado uma aceleração maior no mês de setembro em comparação a agosto, quando havia atingido 51,4 pontos.

De acordo com o relatório, o setor brasileiro foi impulsionado por ganhos robustos, com as empresas contratando novos funcionários e ampliando as atividades de negócios no último mês. Também foram observados variações positivas mais acentuadas nos custos de insumos e preços cobrados. A mesmo tempo, o otimismo se fortaleceu.

Pollyana de Lima, economista principal da IHS Markit, comentou que embora tenha ocorrido um crescimento menor, a demanda e o nível de emprego foram considerados notícias otimistas. “As empresas indicaram o melhor ganho de vendas desde março, o que levou à forte recuperação nos índice em mais de 56 meses. Muitos provedores de serviços também reclamaram que a valorização do dólar continuou a exercer pressão ascendente nas suas cargas de custos”, completou ela. 

Outro ponto do estudo mostrou também que a entrada agregada de novos negócios cresceu no ritmo mais acentuado desde março. Essa aceleração se refletiu em uma elevação mais rápida no setor. Os prestadores contrataram mais funcionários pela taxa mais rápida em quatro anos e meio e o otimismo junto à estes prestadores, se fortaleceu para os próximos meses.

A categoria de Finanças e Seguros registrou o aumento nas vendas. No entanto, houve declínio em Transporte e Armazenamento e em Serviços Imobiliários e Empresariais.

 

by: Hotelier News