É impossível negar que um atendimento de qualidade é a melhor maneira de conquistar e fidelizar o público. Não importa em que ambiente você esteja inserido, ou qual seja o seu público determinante, todo mundo prioriza educação, simpatia e a facilidade na resolução de problemas.

O público anda cada vez mais exigente. Com o avanço das redes sociais, o consumidor evoluiu ao seu estágio 3.0 (clique aqui e leia mais sobre o assunto) e, agora, pode ter certeza: é ele quem manda no mercado. Por isso, é preciso se preparar.

De acordo com estudo realizado pela LeadPix, os brasileiros estão cada vez mais exigentes quando se trata de hotéis e hospedagem. Três em cada 10 pessoas afirmam que a qualidade de atendimento é a opção mais importante durante a escolha da rede, superando infraestrutura, conforto e, até mesmo, o preço. Com isso, é possível perceber que, mesmo em meio à crise econômica do país, o público prioriza serviços de qualidade e estão dispostos, inclusive, a pagar mais caro por isso.

            Veja também: 5 dicas de como obter excelência no atendimento

Ao seguir uma estratégia oposta, não valorizando e oferecendo atendimento sem qualidade, além de perder a preferência dos clientes, os empreendimentos ainda sofrem financeiramente. De acordo com levantamento da Accenture, somente no ano de 2015, as empresas brasileiras perderam cerca de US$ 217 bilhões devido a clientes que migraram para a concorrência insatisfeitos com os serviços oferecidos.

Em uma época cada vez mais conectada, como a que vivemos atualmente, as empresas não podem mais se dar ao direito de não se importar com o assunto. O público anda cada vez mais exigente e sedento por novidades no mercado. E, com tantas opções disponíveis, porque perder o seu tempo em um lugar que não os valoriza como pessoa?

Quando isso acontece, o consumidor sai frustrado e disposto a “se vingar”. E, em meio à tecnologia, qual seria a melhor maneira de derrubar a reputação de uma empresa? A resposta é simples: redes sociais. Hoje, podemos perceber a absurda velocidade com que as informações são disseminadas no mundo virtual. E, em poucos instantes, é possível perder tudo o que foi conquistado, muitas vezes, inclusive, por atitudes que poderiam ter sido evitadas.

É por isso que eu digo: chegamos em um momento crucial para as marcas. Não se pode mais fugir disso! É necessário investir em atendimento de qualidade. É preciso saber se relacionar com o novo público e enxergá-los como pessoas e não como números. Não é viável colocar tudo a perder.

Portanto, o relacionamento com os clientes deve ser visto como um dos pilares centrais de sua estratégia. Entende agora como um mau atendimento pode afundar a sua empresa? Chegou a hora de tomar as rédeas do barco e navegar com tranquilidade e segurança, visando novos desafios e conquistas ainda maiores. Vocês estão prontos para embarcar?

*Albert Deweik é especialista em atendimento ao consumidor e CEO da NeoAssist (adeweik@neoassist.com)

by hotelnews – Acesse: www.hotelnews.com.br