Warning: A non-numeric value encountered in /home/hotelconsult/www/wp-content/themes/Divi 27/functions.php on line 5763

Compartilhe!

As pessoas não aguentam mais ficar em casa

Após quase sete meses (!) de pandemia – mais de 200 dias vivendo algo inédito em nossas vidas – aquele que diz não sentir falta de se juntar a amigos e de explorar o mundo fora de casa, não pode estar em sã consciência. Por menor que seja, quem não sonha em voltar à rotina normal, ir a um jantar com pessoas queridas, ao seu bar preferido, dar boas risadas de forma relaxada, não mais ter que usar máscaras ou mesmo fazer uma viagem? As pessoas mais pacatas e caseiras que conheço há meses dão sinais de que ficar forçadamente em casa já não é tão divertido assim.

Se olharmos como exemplo a China e Europa, alguns meses à nossa frente em termos de comportamento no Turismo, veremos algumas tendências interessantes, que se já não fazem parte de nossa realidade, estão prestes a chegar. Uma delas é a busca por alternativas ao isolamento, por liberdade de ir e vir e da volta por explorar o mundo lá fora. O termo Staycation ou Holistay nunca se fez tão presente. É um período em que um indivíduo ou família se hospeda e participa de atividades de lazer a uma curta distância de carro de sua casa. Em alguns casos, ele sequer necessita de acomodações noturnas. Quem busca por um respiro e está em busca de uma mudança de rotina com responsabilidade, tem buscado por alternativas. A procura por trailers e motorhomes subiu mais do que 70% e empresas do setor já estão com suas frotas reservadas até o início do ano que vem. A famosa ‘Casa sobre Rodas’ nunca foi tão procurada, inclusive aqui no Brasil, mesmo com toda falta de infraestrutura em viagens rodoviárias que o país apresenta.

Tenho acompanhado a retomada da hotelaria de lazer, principalmente nossos clientes. E muitos deles estão rindo à toa, pois ao reabrirem suas portas de forma segura, relataram lotação máxima, a qual tem aumentado ao passo que a regulamentação municipal local lhes permite ofertar uma quantidade maior de apartamentos. Consumidores estão em busca de alternativas para saírem de casa e dentro do possível, voltar a ter uma rotina mais sociável. Mesmo famílias com filhos, entendem que uma vez que os estudos são on line, não mais importa de onde esta rotina acontece. A procura por turismo em locais mais isolados e abertos já faz parte do comportamento do brasileiro. E o aumento na venda de automóveis é um forte indício disto também.

Até que ponto a falta de contato real e presencial está sendo benéfico para as pessoas? A exagerada exposição às telas de computadores e celulares tem levado não só adultos, como também crianças e adolescentes a atendimentos psicológicos numa maior escala antes nunca visto. Apesar de mostrarmos grande resiliência pelo momento, não há como sairmos ilesos dos efeitos desta crise. Somos seres sociais, com necessidade de liberdade, contato e convívio com o outro. Enquanto a vacina não chegar, é inevitável pensarmos em caminhos alternativas na busca pelo equilíbrio físico e mental. E você, o que tem feito na busca do seu bem estar?

Compartilhe aqui conosco sua experiência.